Câmera Record: Nesta sexta (3), conheça os personagens do inusitado “Mundo Brega”

Imagem

Roupas coloridas. Cabeleiras encaracoladas. Correntes, anéis e todo tipo de acessório. No Câmera Record desta semana, você vai conhecer o animadíssimo e curioso mundo do Tecnobrega, o ritmo que domina rádios, boates, mercados e todos os cantos onde toca música no norte do Brasil.

O pneu fura e você encosta o carro para consertar. Daí, na hora do serviço, o borracheiro começa a cantar sem parar. Você pensa: deve ser piada… Depende. Se for na borracharia do seu Expedito, não vai ser não. Para ele, música é um assunto sério. O Borracheiro do Brega diz que já vendeu mais de 20 mil cds. Com o dinheiro da música, matriculou a filha na faculdade e reforçou o orçamento de casa. Hoje os clientes param na borracharia, contando com uma canja. E à noite, o sujeito que passou o dia trocando pneu, vira o rei das baladas. Cabelo penteado, corrente no pescoço, terno alinhado, ele fica todo bonzão. Para quem pensa que a borracharia é bico, ele garante: não larga de jeito nenhum. A vida entre graxa e pneus, para ele é uma inspiração.

Ela canta desde os 15 anos. Mas só foi alcançar sucesso e reconhecimento quando se inspirou em uma musa internacional: Beyoncé. Já sabe de quem estamos falando? Gaby Amarantos, a Beyoncé do Pará Hoje os vídeos dela passam dos 300 mil acessos na internet. Mas nem sempre a vida foi sob o salto e os holofotes. Ela já foi cozinheira, lavadeira e até passou fome. Hoje é uma das 100 maiores personalidades do Brasil e chega a cobrar 10 mil reais só para visitar um evento. Como aconteceu a virada na vida dessa moça simples, que até hoje vive na periferia de Belém?

Oito Cds lançados, dois DVDs e até quatro shows… por dia. O nome da banda já diz tudo: Fruto Sensual. Um grupo de tecnobrega que faz o maior sucesso por onde passa. Demos um passeio com esses artistas do improviso, que transformam até xingamento em música. E descobrimos que eles são reconhecidos por todos na rua. É diversão e animação garantida, do principio ao fim.
“Olha aí, o bode velho. Olha aí, o bode velho”. Foi cantando essa música que um diarista virou sensação na internet.

Hoje são quase trinta mil acessos. E ele começou a cantar enquanto fazia faxina. Hoje, são até quatro shows por semana. Mas a rotina continua a mesma: 40 reais por faxina e viagem de ônibus até o trabalho. Mas sem nunca abandonar o sonho: gravar o segundo CD. Como é a vida desse brasileiro, que nunca deixa de acreditar?

Essas e outras histórias de gente simples que sonha com a fama e é capaz de fazer qualquer coisa para alcançar o sucesso, você vai ver nesta sexta-feira, no Câmera Record, logo depois de Vidas em Jogo.

 

Com Informações do Site R7.

Sobre Fern@Nd0

Feliz & Ousado ! ! !

Publicado em 03/02/2012, em Sem categoria e marcado como , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Comente! Comentário com palavrões,links,ou qualquer outro tipo de violação será excluído. Sigam @MegaCanalBlog

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: